facebook_pixel

Cura através da natureza! Previna as inflamações do estômago e complicações do Diabetes!

nflamação no estomago - Milagre da Natureza

 

Os conselhos sobre remédios caseiros derivados de plantas, frutas, itens naturais e etc. sempre funcionam, não é mesmo?

Para que ingerir vários remédios manipulados em laboratórios se podemos ter este benefício vindo da natureza?

E, o que é melhor, podemos extrair estes remédios naturais para curar enfermidades que achamos que somente remédios raríssimos possam curar, como por exemplo, uma inflamação no estômago.

Neste artigo iremos abordar como a natureza pode influenciar e curar enfermidades, como Diabetes e inflamações estomacais.

 

Como prevenir uma inflamação no estômago com “remédios” naturais

 

Essa inflamação no estômago que aflige nosso sistema digestivo pode ser causada por vários outros agentes, tais como: Má dieta ou má combinação de alimentos, estresse, menstruação (para as mulheres), prisão de ventre e etc.

Em geral, este incômodo é elevado pelo fato de que, além de gerar mal-estar, também se cria inchaços na área abdominal resultando na sensação de excesso de peso.

Para solucionar este tipo de problema, a natureza propôs remédios naturais muito fácies de serem encontrados.

 

Listamos aqui 4 remédios poderosos (e ações) para evitar a inflamação no estômago:

 

1 – Suco de Ameixa e Maçã:

Alimentos que contém fibra são excelentes para um bom desempenho intestinal. Esta junção é eficaz para combater as inflamações intestinais, gases ocasionando assim, uma barriga plena!

 

2 – Água com limão:

Esta fruta tem características alcalinas que auxiliam a absorver a acidez do estômago e que evita muitas complicações de saúde. No caso da inflamação no estômago, é indicado ingerir um copo de água morna acompanhado do limão em jejum todos os dias. 

 

3 – Canela:

A canela é um componente conhecido em todo o universo, que desde os primórdios vem sendo usado para tratar e combater a inflamação no estômago e outras enfermidades. O uso da canela é o indicado para amenizar a dor abdominal, melhorar a digestão e diminuir a inflamação.

4 – Reduza o consumo de sódio:

 

Mesmo que não esteja classificado como um “remédio”, é muito importante seguir esta dica, já que é a ação mais benéfica para combater e prevenir a inflamação no estômagoIngerir sal ou sódio demasiadamente acarreta sérios problemas para a impetuosa sensação de inchaço, pois pode provocar retenção de líquidos.

 

Previna o Diabetes com essas receitas naturais 

 

 

O Diabetes é uma complicação conhecida pelas oscilações da glicose na corrente sanguínea. O hormônio conhecido por Insulina para de ser produzido pelo pâncreas o qual é o órgão que regula todo este sistema.

Sendo dois grandes grupos divididos, o Diabetes caracteriza-se pelo Tipo 1 (dependente de Insulinas, o pâncreas não produz nada) e o tipo 2 (produção de insulina em baixa escala, pelo pâncreas). No mundo são contabilizados mais de 400 milhões de pessoas portadoras do Diabetes tipo 1 ou 2.

No Brasil, é comprovado estatisticamente que mais de 16 milhões de pessoas são portadoras do Diabetes. Um elevado número, não é mesmo?

 

Que tal começar, a partir de agora, combater esta complicação? Siga estes passos com receitas caseiros e naturais:

  • Chá da Pata da Vaca;
  • Óleo de Coco
  • Casca do Maracujá;
  • Nabos;
  • Chá de Camomila;
  • Chá verde.

 

Um acompanhamento médico também é muito aconselhado para quem possui Diabetes pois, não cuidado da forma correta, o Diabetes pode acarretar complicações como: Cegueira, Amputação de membros do corpo, problemas nos rins e no coração.

 

Faça exames periódicos para prevenir e tratar dessas complicações: Diabetes e inflamação no estômago. Utilize estes remédios naturais para prevenção!

 

Outra suplemento poderoso e o Cogumelo de Deus, entendo por que você precisa ingerir: Aqui!

 

Gostou desse texto? Que tal cadastrar seu e-mail em nosso site e ficar sabendo de todas as nossas notícias? Compartilhe esta informação nas redes sociais!

5 (100%) 29 votes

4 Comentaram

  1. Mirian Neves
  2. Dulcídio Morais dos Reis

Comente: